Governo quer votar reforma da Previdência

O relator da reforma da Previdência, deputado Arthur Maia (PPS-BA), apresentou em 7 de fevereiro uma emenda com mudanças na proposta, que será apresentada ao plenário pelos líderes da base governista.

O líder do governo na Câmara dos Deputados, Aguinaldo Ribeiro (PP-PB), disse que a discussão do texto da reforma da Previdência em plenário continua prevista para ter início a partir de 19 de fevereiro, com a votação até 28 de fevereiro.

O novo relatório mantém a idade mínima de 65 anos para homens e 62 anos, às mulheres, e diminui de 25 para 15 anos o tempo de contribuição no regime geral da Previdência. Para os servidores públicos, o tempo mínimo continua sendo de 25 anos.

Categorias

Deixe uma resposta